quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Ex-repórter do CQC está bravo e acusa Band por censura

Por outro lado, quem não está nada feliz com a demissão da band é Ronald Rios. Em Janeiro, ele postou um vídeo no Youtube reclamando que a Band não exibiu uma reportagem especial de final de ano que ele fez no Oriente Médio.

Agora, o repórter está ainda mais bravo porquê recebeu uma notificação da emissora, pedindo que ele tire o vídeo do ar.

Procurado pelo colunista Maurício Stycer, Ronald acusou a Band de censura disse que não vai atender a solicitação porque está usando o seu direito de liberdade de expressão. 

*************
Quem não assistiu o vídeo ainda, assista agora:

Dan Stulbach fala sobre ida para o CQC: "Teria sido mais fácil se eu saísse da Globo brigado"

Dan Stulbach encara um novo desafio em sua carreira: assumir o papel de apresentador de um programa por tempo integral.
O galã já ficou no lugar da apresentadora Fátima Bernardes quando ela saiu de férias, mas esta será sua primeira vez comandando um programa.
— Eu gosto muito de ser ator, eu não estou aqui porque me deu um bode de ser ator. Eu estou aqui porque é muito legal. Eu nunca disse que queria ser o Silvio Santos, eu queria ser o Paulo Autran. É meio frase feita, mas eu acho que eu me motivo com o desafio.
E ele fala sobre a experiência que ganhou no lugar de Fátima Bernardes e também no programa Saia Justa, em que fazia um bate-papo com outras personalidades, sem desempenhar função de apresentador.
— Talvez como eu nunca tivesse me visto como apresentador, eu fui mais tranquilo, sem nada a perder. A gente sempre fi nervoso, porque a gente quer fazer bem. Então essas coisas me deram mais confiança [para aceitar o convite do CQC].
Depois de 12 anos na Globo, Dan diz que tinha uma ótima relação com a equipe da emissora e que isso dificultou sua decisão sobre ir para a Band.
— Eu nunca tinha pisado em outra emissora. Talvez teria sido mais fácil se eu saísse da Globo brigado, se eu tivesse algum problema pessoal com alguém.